O cantor Zezé Di Camargo foi condenado pela 9ª Vara da Justiça do Trabalho de São Paulo a pagar quase R$ 70 mil a seu ex-motorista, Murillo Luciano Alves. De acordo com informações do colunista Leo Dias, do jornal ‘O Dia’, que teve acesso ao processo, o motorista pede hora extra, férias e 13º salário. Zezé tem 48 horas para pagar a dívida.

Segundo a publicação, o cantor ainda é envolvido em um outro processo que corre em segredo de Justiça. Ele é movido por Marcela Boldrim, viúva do segurança de Zezé, Alex, que se matou em 2014. Ela pede os direitos trabalhistas do marido. A sentença deve sair em breve.